Aranhas

aranha

Aranhas

Assim como os escorpiões, carrapatos e ácaros, elas são da classe arachnida. Estes artrópodes habitam praticamente todas as regiões da terra, com exceção da Antártida. Todas são carnívoras, alimentam-se principalmente de insetos e até mesmo de outras aranhas. Seus ovos são fertilizados no momento da postura e ficam numa bolsa de fio de seda, que se chama ooteca ou ovissaco. possuem poucos gêneros de importância médica.

Muitas aranhas vivem alguns meses, mas as aranhas caranguejeiras podem viver por 25 anos. Quando irritadas, soltam suas cerdas que podem irritar os pulmões e os olhos. As principais aranhas que podem causar acidentes no Brasil são: a aranha armadeira (phoneutria), que é muito agressiva e não foge quando surpreendida – ergue suas patas dianteiras e pica quem se aproximar dela; a aranha-marrom (loxosceles), não é agressiva e pica quando seu corpo é espremido, sua picada causa necrose cutânea; a viúva-negra (latrodectus), que recebe este apelido por devorar o macho após a cópula, é encontrada no mundo inteiro e existem registros de acidentes com esta praga no Ceará.

O controle da aranha, assim como do escorpião usa da educação de medidas de higiene, barreiras físicas e, por último, o controle químico com inseticida microencapsulado.

Pular para a barra de ferramentas