Escorpiões

Escorpiões

Escorpiões

chao

Os escorpiões são artrópodes, do grupo dos aracnídeos, que estão no nosso planeta há cerca de 350 milhões de anos. Eles estão presentes em quase todas as regiões do globo terrestre, inclusive, são encontrados em desertos, como o do Atacama, na cordilheira dos andes; inexistente apenas na Antártida. Foram catalogadas mais de 1.500 espécies desta praga. Todos os escorpiões considerados perigosos para o homem são da família buthidae, é a única com distribuição geográfica em todos os continentes colonizados; possuem cerca de 550 categorias, desse total apenas 25 são consideradas capazes de provocar acidentes graves ou fatais.

No brasil, os escorpiões comprovadamente perigosos são do gênero tityus, e no ceará a principal espécie é a tityus stigmurus, encontrada em todos os bairros de fortaleza. Segundo dados do ceatox, eles chegam a causar mais de 3.000 acidentes por ano, sendo muito perigosos para crianças e idosos. Recentemente, detectou-se, no estado, uma espécie com uma toxina mais perigosa e que se reproduz por partenogênese (não precisa de parceiro) que é a tityus serrulatus.

Contamos com um controle especial para esta praga, que utiliza barreiras físicas, educação sobre limpeza e higienização e, por último, o controle químico com inseticida micro encapsulado, que alcança excelentes resultados.

Pular para a barra de ferramentas