Segurança Alimentar

Segurança Alimentar

Não existe um bom programa de segurança alimentar sem um controle de pragas eficaz. As boas práticas de fabricação têm no manual e o APPCC (Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle) e deve prevenir o perigo biológico, a contaminação dos microorganismos transmitidos pelas pragas e o perigo químico de inseticidas em locais indevidos.

Por isso, nosso trabalho depende do responsável pela qualidade das empresas (engenheiros de alimentos, nutricionistas, veterinários, economistas domésticos e químicos), e o trabalho deles dependem do nosso.
Sabemos que uma parceria com estes profissionais é fundamental para a segurança alimentar.